Turismo hospitalar no Brasil atrai estrangeiros em busca de cirurgias plásticas

Um novo tipo de “turismo” tem atraído estrangeiros ao Brasil: o da cirurgia plástica. Movidos por preços mais baixos dos que os praticados no exterior e pela boa reputação dos médicos brasileiros, eles aproveitam as férias e o final do ano para visitarem o Brasil e voltar aos seus países com os seios mais volumosos e os corpos livres da gordura localizada.

O Brasil tem alcançado, ao longo dos anos, renome internacional, quando o assunto são os procedimentos plásticos e reconstrutivos, devido à qualidade dos profissionais e das instalações hospitalares. O país ocupa, atualmente, o segundo lugar no ranking mundial do número de cirurgias plásticas, atingindo 905.124 procedimentos, por ano, segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBPC).

Dr. Marcelo Norio Inada , cirurgião plástico, membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, explica: “-Os médicos brasileiros são reconhecidos mundialmente pela excelência técnica na Cirurgia Plástica, nós começamos operar muito mais cedo que os americanos; possuímos uma infraestrutura hospitalar de qualidade e ainda possuímos um país com belezas turísticas.”

Mas o fator mais importante ainda são os custos. A moeda brasileira se encontra desvalorizada em relação ao dólar, portanto se fizermos as contas da cirurgia plástica associada aos custos da estadia, uma cirurgia no Brasil se torna mais barata do que se operar nos Estados Unidos.

Os Angolanos vem aumentando a procura da cirurgia plástica no Brasil. Seu país foi praticamente destruído por uma guerra civil (1975-2002). Deste modo, não há infraestrutura hospitalar satisfatória, bem como cirurgiões em qualidade e quantidade suficientes para atender à demanda. Some-se a isso a facilidade da língua e o crescimento vigoroso da economia (Angola é o país que mais cresce no mundo, 35% só em 2007) e temos os motivos da explosão no número de pacientes angolanos nos consultórios de Cirurgia Plástica brasileiros.

Dr. Inada * complementa: -“Temos várias pacientes estrangeiras que aproveitam as férias e vem operar conosco. Não fazemos pacotes turísticos. Indicamos hotéis próximos para a comodidade da paciente e contamos com uma equipe de enfermagem que pode prestar auxílio nos curativos caso seja necessário. É um grande orgulho poder atender pacientes que vem de um outro país em busca da excelência em Cirurgia Plástica.

* MARCELO NORIO INADA é cirurgião plástico Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Titular em Oncologia Cutânea (Câncer de Pele) no Hospital AC Camargo, Professor em Cirurgia Plástica no Hospital da Cruz Vermelha, Membro do corpo clínico do Hospital Israelita Albert Einstein; e atua em seu consultório particular. Tem experiência em Cirurgia Plástica Estética e Reparadora, Oncologia Cutânea; atuando principalmente nos seguintes temas: cirurgia plástica estética (face, rinoplastia, contorno corporal, silicone de mamas, lipoaspiração, abdominoplastia); cirurgia plástica reparadora e câncer de pele.

Comments are closed.

Invalid username, no pictures, or instagram servers not found
Invalid username, no pictures, or instagram servers not found